header

O teatro de Betho Rocha em cena

A vida e a obra do teatrólogo acreano Betho Rocha é o tema do documentário que foi exibido no segundo dia de programação da Semana Pop, realizada pelo coletivo de cultura P&iá. Com 53 minutos de duração, o documentário "O teatro de Betho Rocha" teve sua avant-premier na noite de ontem, no Theatro Hélio Melo. Buscando uma aproximação entre linguagens cinematográfica e cênica, o documentário é apresentado de maneira delicada e teatral, passeando pela interpretação de poesias que Betho escreveu e pelos depoimentos de amigos e parceiros de trabalho.

"O teatro de Betho Rocha" abriu o Doc Pop, espaço da Semana Pop dedicada a exibição de documentários.

Dirigido por Ítalo Rocha, sobrinho de Betho Rocha, o documentário é também um registro do trabalho exercido por esse teatrólogo na cultura acreana. Ítalo comenta que dirigir o documentário foi também uma boa surpresa, porque assim, pôde conhecer mais do artista. "Betho Rocha foi um divisor no teatro acreano. O seu trabalho voltado para uma iluminação diferente e um novo conceito estético marcou a produção teatral no Estado. Foi um imenso prazer realizar esse registro que resgata o trabalho de Betho, que apesar de ser meu tio, eu não tinha noção da grandiosidade do que ele fez, foi através das pesquisas que fui percebendo isso", comenta.

O desafio de produzir o documentário esteve na verba, que foi realizado com um orçamento de pouco mais de R$ 5 mil. Agora, Ítalo espera as datas para participar de alguns festivais no qual o documentário está concorrendo. Também pretende realizar exibições em escolas, começando em uma mostra no Colégio Barão do Rio Branco. "É um desafio grande produzir e divulgar um documentário. Agradeço muito ao coletivo de cultura P&iá, que acreditou nesse projeto e o inseriu na Semana Pop", ressalta o documentarista.

O coordenador do coletivo, Alexandre Nunes, comenta que dedicar um espaço a exibição de documentários é uma proposta que caminha junto ao pensamento do jornalista e ativista cultural, Chico Pop, que sempre trabalhou a junção das diversas expressões artísticas. "Estamos aprendendo a reunir essas artes e temos feito isso com ajuda de todos que contribuem com o coletivo. Esse ano é a primeira edição que reunimos teatro, audiovisual, literatura, artes plásticas, tudo, aliado a música. E só conseguimos ampliar a proposta graças ao amadurecimento do coletivo e das parcerias, este ano temo a grande ajuda da Oi e da OI Futuro e do Governo do Estado".

Quem foi - Para quem participa da Semana Pop, a proposta tem sido uma boa surpresa. "A Semana Pop está conseguindo reunir uma turma que nem sempre esta presente em algumas atividades culturais. Aqui, a música conversa com o teatro, cinema, literatura, isso tem sido muito bom. E acredito que o coletivo de cultura P&iá é o primeiro movimento no Acre que está utilizando as redes sociais e usufrui de maneira muito positiva desses recursos", comenta Adaildo Neto.

Para a cineclubista Juiana Machado, a Semana Pop abre uma nova proposta, que é de trabalhar a arte de maneira unificada. "Fantástica a idéia do documentário de Betho Rocha, que resgata sua história, principalmente, seu trabalho. E como ressalta um dos depoimentos no vídeo, ele foi a melhor cabeça do teatro acreano para a sua época. Muito bom também ver esse espaço ao audiovisual em um evento que iniciou volta para a música, é uma bela união das artes".

Além do documentário "O teatro de Bheto Rocha", o Doc Pop exibe nesta quinta-feira, "Um igarapé no meu quintal", de Gilberto Ávila, no Theatro Hélio Melo. E na sexta-feira, o espaço é para a literatura, às 17h, no Theatro Hélio Melo, o Sempre Um Papo com Fabrício Carpinejar, e às 19h, no mesmo local, o foco é a música, com a mesa redonda que debate um panorama sobre os caminhos da música, rede e cooperativismo. Para saber mais da programação da Semana Pop e do Festival Chico Pop, é só acessar www.festivalchicopop.com

1 comentários:

Usina na Escola disse...

esse festival está excelente. que no próximo ano seja melhor. grande homenagem de vocês.

Boletim do Pop

Apoio Cultural

Arquivo